sexta-feira, 6 de junho de 2014

Minha transição : Camila Sodré

     Olá leitoras queridas, quanto tempo não falava de cabelos né? Estava um pouco sumida por causa da faculdade, e não queria fazer algo mal feito pra vocês, sempre tento passar tudo da melhor maneira possível, fazer sem pressa e com carinho. 
      A partir de hoje, vou trazer algumas histórias de meninas que passaram por transição. Sei que muitas de vocês vão gostar de ter mais inspirações para continuar na luta.
      E a minha primeira convidada, foi uma pessoa que me ajudou muito durante o meu período em transição, sempre com palavras de apoio para que eu seguisse em frente. A Camila Sodré, conheça a história dela: 

Antes: 




       ''Então, meu nome é Camila, tenho 18 anos e há 1 ano resolvi entrar em transição. Desde os 6 anos fazia relaxamento no cabelo e a partir dos 12 comecei a fazer progressiva. A verdade é que eu não conhecia meu cabelo natural, não por falta de curiosidade, mas porque nunca fui incentivada de que ele era bonito ou aceitável. Meu contato com ambos os tipos de alisamento nunca foi agradável odiava os cheiros, me sufocavam na aplicação do produto, meus olhos inchavam e eram horas e horas em um salão para já no mês seguinte estar com a raiz gritando a diferença de textura. Antes minha vida era cabelo preso e após, chapinha e escova o tempo inteiro, e isso tudo era um saco pra mim, mas sempre ouvia “pra ficar bonita tem que sofrer” então sempreaturei tudo isso.

      Até que em maio de 2013 entrei no salão e após horas de sufoco, ardor e muito sofrimento decidi que nunca mais iria fazer progressiva na vida, não merecia isso e que continuaria só com o velho relaxamento (só por meu cabelo totalmente natural “ser impossível de lidar”, como eu sempre ouvia).

Durante(texturizações):



     Após encontrar no youtube vídeos sobre transição (ao acaso mesmo) meu horizonte se ampliou e eu vi que poderia fazer parte daquele grupo. Eu queria conhecer meu cabelo natural, nem que fosse pra me arrepender e voltar a relaxar, mas eu queria decidir isto por mim mesma. Minha mãe desde o princípio foi contra, principalmente quando resolvi fazer o BIG CHOP com apenas 3 a 4 dedos de raiz (quando esticada). Mas eu estava mais preocupada comigo e segui em frente, tinha certeza que era o que eu queria.

     Durante meus 4 meses de transição usei muito o cabelo preso e fiz também texturizações. Amei este período e o aproveitei bastante. Chegou uma hora em que cansei e me desfiz de toda aquela parte lisa do meu cabelo. Dia 13 de setembro de 2013 choquei o mundo inteiro. Amigos, conhecidos, familiares. E o mais incrível e improvável é que recebi a admiração e elogios da maioria das pessoas. Percebi o quanto valeu a pena acreditar em mim e não no que os outros iam pensar ou já pensavam.

Big Chop: 


     Hoje eu levo isso comigo. Sou mil vezes mais segura, mais forte e mais feliz comigo mesma. Não que odeio o cabelo liso que eu tinha, mas o que eu passava para consegui-lo não vale mais a pena. Sempre fui vaidosa com meu cabelo, mas hoje em dia consigo compreendê-lo e cuida-lo muito melhor e com muito mais gosto.

    Tenho 8 meses de BIG CHOP, um crescimento excelente, um cabelo saudável, uma identidade própria e muita felicidade. Sigo LOW POO, hidrato e nutro semanalmente meu cabelo e estou louca pra que ele fique ENORME!

Atualmente(8 meses depois do BC):



    Tentei resumir o máximo possível (MESMO) minha história para vocês. Carine foi pra mim uma companheira de transição sem igual, tive muito apoio, carinho e atenção da parte dela e nossos BIG CHOP“s” foram sensação de conquista uma para a outra (kkkk). O que tenho a dizer para quem ainda está em dúvida é que mergulhe fundo na ideia, porque dificilmente irá se arrepender de algo que foi feito especialmente para você.

Beijos. Até mais! ;D''

a camila também tem um blog gente, visitem : http://mils2odre.blogspot.com.br/

Não viu o post passado? Clique aqui ↓

5 meses de BC + Creme SOU para cachos.


Curta a nossa fan page ↓


   É isso meninas, gostaram da história da Camila? Ela ficou mil vezes mais linda ao natural. Beijos, em breve em volto com mais uma história :* 

4 comentários:

  1. Adorei o post,e menina...seu cabelo tá maravilhoso. É como ver outra pessoa =)
    e o melhor é ver suas fotos com sorrisos...muitas meninas fazem o big chop e ficam arrasadas,chegam até fazer megahair temporariamente...mas pra mim a ideia da transição capilar incluindo big chop,é fazer a gente ver nossa beleza,de uma forma que não vimos antes e principalmente,se livrar de um padrão. Então...pq não amar a fase do crescimento capilar também?
    Parabéns! Está maravilhosa.

    ResponderExcluir
  2. Aê!!! Obrigada pelo convite Cah <3 Beijo

    ResponderExcluir
  3. Vejo muita coragem em vocês que cortaram o cabelo tão curtinho, eu não tenho. Estou sonhando em começar essa transição capilar, mas já aliso meu cabelo a 20 anos ou mais, não sei como é meu cabelo de verdade, não sei o que me espera. Esse é meu maior medo.

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...